Amostra do Sisflora 2 é apresentada

A empresa Tecnomapas vem apresentando, desde a última segunda-feira, uma amostra do Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais 2, o Sisflora 2, sistema que irá aperfeiçoar o controle e a rastreabilidade de produtos florestais, à equipe técnica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas). Durante a exposição, os gestores e a equipe do órgão estadual avaliam as […]

A empresa Tecnomapas vem apresentando, desde a última segunda-feira, uma amostra do Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais 2, o Sisflora 2, sistema que irá aperfeiçoar o controle e a rastreabilidade de produtos florestais, à equipe técnica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas). Durante a exposição, os gestores e a equipe do órgão estadual avaliam as modificações e verificam as alterações necessárias para o melhor funcionamento da ferramenta. O Sisflora 2 baseia-se no georreferenciamento (localização geográfica) dos planos de manejo, onde cada indivíduo (árvore) terá uma coordenada de localização e utilizará chipes – identificado por radiofrequência.

Os chipes serão implantados na base das árvores a serem exploradas e nas toras de madeira, que saem da área de manejo autorizadas para exportação, o que permitirá o controle da exploração dessas áreas através do rastreamento dos chips. O rastreamento não funcionará como um Sistema de Posicionamento Global (GPS), mas por meio da utilização de um leitor (tipo código de barras) que dá acesso às informações contidas nos cartões eletrônicos.

A necessidade da implantação do Sisflora 2 atende as exigências do mercado internacional, que pede a comprovação da autorização e da origem legal da madeira, para evitar que se compre produto florestal de área de proteção ambiental, terras indígenas, áreas exploradas ou desmatadas ilegalmente. A previsão da Tecnomapas é fazer a entrega do produto para avaliação e testes da Semas em julho deste ano. Somente depois dessa etapa é que o Sistema poderá efetivamente ser implantado pelo Governo do Pará.

Fonte: Agência Pará